Rio de Janeiro e Espírito Santo atuarão em conjunto contra a dengue, diz ministro
Voltar para:Página Inicial /Notícias
25/02/2011

     O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse nesta sexta-feira que as secretarias de Saúde do Rio de Janeiro e do Espírito Santo atuarão de forma conjunta para enfrentar a epidemia de dengue em municípios fluminenses.

     'Isso para que a gente possa agir e impedir que a epidemia possa se alastrar para outros municípios do Rio de Janeiro', afirmou Padilha, durante evento no Rio.

     Na divisa entre os dois estados, o município de Bom Jesus de Itabapoana, que tem cerca de 35 mil habitantes, registrou 1.095 casos de dengue neste ano --a maior incidência no Estado do Rio.

     'O quadro é de epidemia. Temos mais de 300 casos por 100 mil habitantes. Nossa equipe passou a semana dando o suporte à prefeitura', informou o secretário de Saúde, Sergio Côrtes.

     Neste sábado (26), ele segue para Bom Jesus para acompanhar as ações. Côrtes deve avaliar também as condições do Hospital São Vicente de Paula, o único da cidade, que registrou problemas na internação de pacientes.

     O secretário descartou a possibilidade de trazer doentes para tratamento na capital e afirmou que o noroeste fluminense tem opções de unidades de referência. 'Se houver necessidade, podemos levar para Campos ou Itaperuna', disse.

     Amanhã, um helicóptero fará um sobrevoo no município para identificar possíveis macrofocos de dengue.

     O ministro da Saúde afirmou que o Rio de Janeiro é um dos 16 estados de 'alto risco de dengue', nos quais o combate à doença é prioridade.

Saiba mais: Folha
Trecho 1 - Conjunto 4 - Lote 2 Porto Seco - Polo JK - Santa Maria Distrito Federal
CEP: 72.549-520 - Fone: (61) 3395-0128
Copyright © 2010 Bthek Biotecnologia